Seguidores

Pesquisar este blog

domingo, 28 de maio de 2017

RESPOSTA: Marido pode ser padrinho de Crisma?

Ave Maria!

o marido pode ser padrinho de crisma?

Pode, mas não deveria.
Evite!

Pelo batismo, cria-se uma relação espiritual entre o afilhado e o padrinho, relação que é muito real, e que constitui, portanto, um impedimento para o matrimônio de ambos. Se quem vai batizar-se é uma pessoa adulta, o seu noivo ou noiva não deveria apadrinhá-lo porque seria necessário obter mais tarde a dispensa para se poder celebrar o matrimônio.

Assim, Marido e Mulher já tem uma ligação pelo Sacramento do Matrimônio.

O padrinho/madrinha deve cuidar que o confirmado seja uma verdadeira testemunha de Cristo e cumpra com fidelidade as obrigações inerentes a esse sacramento (Can 892). O ideal é que seja o mesmo do Sacramento do Batismo. (Can 893).

O padrinho ou madrinha deve ser: (Can 893 e 874)

a) católico confirmado,

b) maior de 16 anos,

c) já tenha recebido o Sacramento da Eucaristia

d) leve uma vida de acordo com a fé (católica) e o encargo que vá assumir,
Não podem ser padrinhos pessoas de outras religiões ou filosofias de vida, amasiados (união estável), divorciados, casados somente no civil ou em uma igreja de outra religião ou pessoas que não tenham uma conduta cristã condizente.

e) não se encontre atingido por nenhuma pena canônica legitimamente irrogada ou declarada,

f) não seja pai ou mãe do confirmado (evite namorado, noivo, cônjuge);

g) ser solteiro ou casado na Igreja Católica;

h) deve ser um padrinho ou uma madrinha (homem ou mulher)
No caso do padrinho/madrinha não poder comparecer a celebração, o ausente pode delegar a sua presença, para isso basta estar informado do sacramento do crisma, dar o seu consentimento e concordar em que alguém o represente. O melhor é enviar o consentimento por escrito, mencionando o nome da pessoa que o representará, e o documento deverá ser apresentado ao sacerdote quando se marcar a cerimônia. O ausente será o padrinho real e será dele o nome inscrito no registro; é ele ou ela quem assume a responsabilidade pelo afilhado(a).

Veja se não há realmente uma outra pessoa que possa ser o seu padrinho ou uma madrinha, quem sabe a de Batismo?

Se não conseguir, procure conversar com seu Pároco sobre isso.

Fonte: Código de Direito Canônico e Livro "A Fé Explicada"

Que Nossa Senhora a abençõe. 

sábado, 27 de maio de 2017

RESPOSTA: Tenho 18 anos e não sou batizada, posso me batizar? E qual são os procedimentos a serem feitos?

Ave Maria!

tenho 18 anos e não sou batizada e quando pequena frequentava a igreja católica, pretendo retornar a frequentar posso meu batizar? E qual são os procedimentos a serem feitos?

Pode!

Todo aquele que não é batizado, querendo, pode batizar-se.

Procure a Paróquia da sua cidade e se inscreva na Catequese de Adultos.

A Catequese dura alguns meses, após o qual, você receberá todos os Sacramentos da Iniciação Cristã: Batismo, Crisma e Comunhão.

Até lá, você pode/deve ir a Santa Missa, mas sem comungar.

Que Deus a abençõe.

Nossa Senhora de Fátima, rogai por nós!

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Protocolo do Vaticano e o Uso do Véu

A primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, chamou atenção durante o encontro do presidente americano com o papa Francisco, nesta quarta-fera, no VaticanoEla e Ivanka, filha de Donald Trump, usavam vestidos pretos longos, com mangas compridas e véu.
O traje faz parte do protocolo do Vaticano para mulheres em audiência com o papa, mas provocou questionamentos especialmente porque em viagem à Arábia Saudita, poucos dias antes, Melania não cobriu a cabeça, como manda o costume do país. Segundo o diretor de comunicação da primeira dama, Stephanie Grisham, ao contrário do Vaticano, lá não houve nenhum pedido ou exigência para uso de vestimentas.
O cerimonial diplomático da Santa Fé é historicamente rígido, com regras especificas sobre o que vestir, como se comportar e de que modo se dirigir ao papa, mas ganhou um pouco de flexibilidade com Francisco. O uso do véu para mulheres, apesar de ainda seguido pela maioria das autoridades, deixou de ser obrigatório.

Vestidos ou saias discretos, com ombros e joelhos cobertos e sem decotes são requisito para participar de uma audiência com o pontífice. Homens e mulheres devem trajar cores escuras, como preto, azul marinho ou cinza chumbo.
De acordo com o protocolo, a cor vermelha é reservada aos cardeais e só o papa pode vestir-se de branco.  A exceção fica por conta das rainhas católicas que têm o “Privilégio do Branco” e podem optar pela cor.
Para o público em geral, o recato é sugerido, mas as aparições públicas de Sua Santidade – que uma vez por semana faz uma oração na Praça São Pedro, em Roma, da janela de seus aposentos – não há qualquer exigência. Já quem participa da Audiência Geral – uma missa realizada em um auditório do Vaticano e para a qual é necessário retirar convite com antecedência, só pode entrar no local se estiver com saia ou calça comprida, ombros cobertos e decote discreto.
Fonte: MSN
Nossa Senhora modestíssima, rogai por nós!

quinta-feira, 25 de maio de 2017

13 nomes de bebê para honrar Maria

Estes nomes inspirados na Virgem Maria podem encantar muitos pais e mães

Miriam
A versão em hebraico de Maria, bem como o nome da irmã de Moisés. Você sabe, aquela que o seguiu quando sua mãe o colocou em um cesto no rio e ficou vigiando para ver o que aconteceria? De qualquer forma, um nome de devoção.
Amira
Usando as mesmas letras que Maria, é uma versão latina de Maria. Esse nome sempre me lembra amor.
Marisol
Um nome espanhol comum que vem de Maria da Solidão, ideal para uma família que valoriza a introspecção. A alusão ao mar e sol adiciona um segundo significado bonito.
Mariah
É uma das variantes inglesas de Maria. Após um surto de popularidade graças a Mariah Carey, pode valer a pena considerar esse nome novamente. Eu amo o significado deste nome – Senhora soberana. O que mais você poderia querer para sua filha?
Mira
Um anagrama de Maria que lhe dá algo curto e doce. Vem do grego e significa a fragrância de mirra, um dos presentes trazidos pelos magos ao menino Jesus.
Marina
Significa “regozijar-se” em hebraico, isso também traz à mente o mar. Se o oceano é significativo para a sua história familiar, esta é uma encantadora opção.
Marie
Versão francesa do nome Maria; há uma doçura neste nome. Significa “aquela que ocupa o primeiro lugar”.
Marlene
Este nome de origem grega é uma combinação de Maria e Madalena. Se Madalena lhe parece um pouco demais, Marlene pode ser um bom meio-termo.
Miri
Este nome é para meninas, originado da cultura eslava. Miri significa maravilhoso, paz. Miri lembra Maria em uma versão atualizada da ortografia com uma pronúncia similar. Poderia ser um apelido para Miriam também.
Miles
Significa “servo de Maria”, de acordo com Helen McLoughlin, do Nameday Cookbook, é uma ótima conexão para os amantes da música de Miles Davis também. Milo é outra versão do nome, um pouco mais original.
Marion
Mais comum um século atrás, Marion mantém a raiz Maria e o formaliza um pouco. O mais famoso cowboy John Wayne foi nomeado Marion por seus pais.
Gilmara
Também significa “serva de Maria”. Com raízes germânicas, você pode se conectar à sua própria herança aqui.
Gabriel
Para os meninos. O anjo que apareceu para anunciar a Maria que ela seria a mãe do Messias. Ele definitivamente nos lembra dela, sem ser demasiado literal. Significa “homem de Deus”, que Deus é a minha força, um sentimento poderoso.

Eliana Osborn é professora de Inglês e escritora que vive no Arizona com sua família. Seu trabalho tem aparecido no Real Simple, The Washington Post e Family Circle.

Fonte: Aletéia

Nossa Senhora de Fátima, rogai por nós!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...